sábado, 5 de novembro de 2016

ALIMENTOS QUE ALIVIAM DORES NAS ARTICULAÇÕES

A natureza nos proporcionou muitos alimentos anti-inflamatórios que não só trabalham sem efeitos colaterais, como também acrescentam nutrientes e sabor à mesa.
Incluir certos alimentos e suplementos que têm ação anti-inflamatória e evitam o desgaste da região, pode ajudar a evitar dores articulares. 
São eles:


1. Frutos: morangos, mirtilos, framboesas ajudam no desgaste nas articulações. Nestes frutos estão presentes a vitamina C que mantém os radicais livres - moléculas que danificam as células produzidas por inflamação. A pesquisa mostrou que certos antioxidantes podem ajudar a prevenir artrite, retardar sua progressão, e aliviar a dor. Além disso, a vitamina C também desempenha um papel importante na formação de colágeno, um componente chave da cartilagem e osso. Outros alimentos ricos em vitamina C incluem laranja, goiaba, brócolis, abacaxi e mamão.

2. Óleo de linhaça: Uso de óleo de linhaça reduz a dor devido a qualquer tipo de condição inflamatória, Ácidos graxos Omega-3 presentes na linhaça são as mais saudáveis fontes de gorduras para pessoas com artrite ou outras doenças inflamatórias.. Estes ácidos gordos estimulam a produção de substâncias químicas do corpo que ajudam a controlar a inflamação - nas articulações, a circulação sanguínea e os tecidos. Você pode notar uma redução na dor nas articulações apenas adicionando 1-3 colheres de sopa por dia de óleo de linhaça na sua dieta.

3. Peixe: Determinadas variedades de peixes como salmão, atum, sardinha, cavala e anchova são ricos em ômega-3 os ácidos gordos que podem reduzir a inflamação e aliviar a dor nas articulações. Além disso, alguns destes peixes (como salmão, cavala, sardinha e arenque) também são ricos em vitamina D. Vitamina D é importante não só para manter os ossos, mas também para outras funções do corpo, incluindo a saúde das articulações. Estudos têm demonstrado que a obtenção de quantidades adequadas de vitamina D reduz o risco de artrite reumatóide e osteoartrite.

4. Cúrcuma: Esta especiaria indiana comumente encontrada na maioria das cozinhas contém um poderoso, composto não-tóxico chamado curcumina que tem sido comprovada suas contribuições à saúde por conter propriedades anti-inflamatórias. Tome meia colher de chá de com água quente pelo menos três vezes em um dia.

5. Soja: A soja é rica fonte de isoflavonas, que são hormônios vegetais com função anti-inflamatória. Você pode tê-lo na forma de leite de soja, caril de soja e até mesmo chapattis soja.

6. Chá verde: Os flavonóides no chá verde são potentes anti-inflamatório natural, compostos que têm sido demonstrado em diversos estudos para reduzir a dor nas articulações causada pela artrite.

7. Azeite: A gordura saudável monoinsaturada do azeite são usadas pelo corpo para produzir naturais agentes anti-inflamatórios. O azeite é rico em polifenóis, que são conhecidos por ter ações anti-inflamatória, antioxidante e anticoagulante. Adicione o óleo de oliva à dieta, utilizando-o no lugar de outros óleos vegetais.

8. Gengibre: O gengibre é rico em anti-inflamatórios que ajudam a reduzir a dor articular. Usei-o como tempero na comida ou bebida em chá.

9. Iogurte: Um estudo publicado no Journal of Nutrition concluiu que um probiótico (amigável) bactérias como Lactobacillus, encontradas no iogurte, oferece notáveis efeitos preventivos e curativos nas dores e na artrite. Além disso, os probióticos ajudam a manter as bactérias más, leveduras e bolores no sistema digestivo longe. Um crescimento excessivo de bactérias e leveduras ruim no sistema digestivo é chamado disbiose e está relacionada com artrite reumatóide.

10. Mamão: A papaína, uma enzima que digere proteínas, combinadas com antioxidantes, como vitamina C e vitamina E presente no mamão ajuda a reduzir a inflamação e melhora a digestão.

11. Nozes e sementes: Nozes e sementes como amêndoas, nozes e sementes de gergelim também contêm gorduras anti-inflamatórios como ômega-3.

12. Cogumelo: Os chineses apreciaram as propriedades que aumentam a imunidade e propriedades anti-inflamatórias de cogumelos desde os tempos antigos.

14. Colágeno Hidrolisado:  o colágeno é uma proteína responsável por boa parte da estrutura das nossas cartilagens e articulações.
A suplementação com Colágeno hidrolisado, forma de melhor absorção, pode auxiliar de forma efetiva no tratamento de doenças nas articulações. Também é encontrado em alimentos fortificados como balas e chocolates.
13. Óleo de Prímula: este óleo é rico em uma gordura insaturada conhecida como GLA (ácido gama-linolenico), que tem potente ação anti-inflamatória.
É fácil de ser encontrado em cápsulas.

EVITE:
Carnes gordas, alimentos que contêm gorduras saturadas e trans, refrigerantes, sucos açucarados e alimentos processados, como eles tendem a agravar a situação de dores e prejudicar as articulações, evite-os e consuma os alimentos acima para mantê-lo saudável!


Remédio Caseiro para Inflamação nas Articulações


Um ótimo remédio caseiro para aliviar a dor nas articulações e reduzir a inflamação é o uso do chá de ervas com sálvia, alecrim e cavalinha. Porém, comer melancia também é uma ótima forma para evitar o desenvolvimento de problemas nas articulações.


Como preparar o chá de ervas

Um excelente chá para inflamação das articulações é a infusão de sálvia, alecrim e cavalinha, pois contém propriedades que reduzem infecções e inflamações que provocam dor nas articulações, ao mesmo tempo que fortalecem os ossos e equilibram os níveis hormonais.

Ingredientes
  • 12 folhas de Sálvia
  • 6 ramos de Alecrim
  • 6 folhas de Cavalinha
  • 500 ml de água fervente
Modo de preparo
Juntar os ingredientes em uma panela e deixar repousar durante cerca de 10 minutos. Depois coar e beber 2 xícaras por dia até que a inflamação das articulações diminua.

Mingau de Aveia Light



Alguns dos benefícios do Mingau de Aveia são a redução do colesterol ruim, controle da pressão arterial e açúcar no sangue. É mais indicado consumir o mingau logo de manhã ou a noite no jantar. Para quem se exercita indica-se o consumo no pré ou pró-treino por fornecer/repor energia e auxiliar na construção muscular. Deve-se ter um cuidado especial para não consumir aveia em quantidade, principalmente misturado em ingredientes calóricos.


Ingredientes:

  • 1 copo de leite desnatado
  • adoçante culinário a gosto
  • 2 colheres de sopa de farinha de aveia
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • canela a gosto

  • Modo de preparo:

    Adicione em uma panela o leite desnatado com o adoçante e deixe aquecer em fogo baixo. Então coloque a aveia, a canela e a essência de baunilha, misture bem e deixe no fogo alto mexendo sem parar até que comece a engrossar e soltar do fundo da panela. Despeje em uma taça, salpique mais canela e sirva em seguida.

    Observações:

    Você pode comer o Mingau de aveia acompanhado de frutas como Banana e Maçã, ou ameixas.

    Pode substituir a canela em pó por cravo em pó.

    Pode acrescentar gengibre em pó durante o preparo.

    Pode também adoçá-lo com mel.



    Conheça aqui:













    Gengibre e seus Benefícios



    Os Benefícios do Gengibre

    Os benefícios do gengibre para a saúde são principalmente ajudar na perda de peso, acelerando o metabolismo, e relaxar o sistema gastrointestinal, prevenindo náuseas e vômitos. No entanto, o gengibre também atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando na prevenção de doenças como câncer cólon-retal e úlceras no estômago.
    O gengibre é uma raiz que pode ser utilizada em chás ou em raspas que podem ser adicionadas a água, sucos, iogurtes ou saladas. A seguir estão listados 6 benefícios desse alimento.

    1. Auxiliar na perda de peso

    O gengibre auxilia na perda de peso porque atua acelerando o metabolismo e estimulando a queima de gordura corporal. Os compostos 6-gingerol e 8-gingerol, presentes nessa raiz, atuam aumentando a produção de calor e suor, o que também ajuda no emagrecimento e na prevenção do ganho de peso.

    2. Combater azia e gases intestinais

    O gengibre é bastante utilizado para combater azia e gases intestinais, devendo ser consumido principalmente na forma de chá para obter esse benefício. Esse chá é feito na proporção de 1 colher de gengibre para cada 1 xícara de água, e o ideal é que sejam ingeridas 4 xícaras de chá ao longo do dia para se obter a melhoria nos sintomas intestinais.

    3. Atuar como antioxidante e anti-inflamatório

    O gengibre tem ação antioxidante no corpo, agindo na prevenção de doenças como gripes, resfriados, câncer e envelhecimento precoce. Além disso, ele também tem ação anti-inflamatória, melhorando os sintomas de artrite, dor muscular e doenças respiratórias, como tosse, asma e bronquite.

    4. Melhorar náuseas e vômitos

    O gengibre ajuda a reduzir as náuseas e vômitos que frequentemente ocorrem durante a gravidez, tratamentos de quimioterapia ou nos primeiros dias após cirurgias. A melhora desses sintomas é obtida após cerca de 4 dias de consumo de 0,5 g de gengibre, o que equivale a cerca de ½ colher de café de raspas gengibre que devem ser tomados de preferência pela manhã.

    5. Proteger o estômago contra úlceras

    O gengibre ajuda a proteger o estômago contra as úlceras porque ajuda no combate à bactéria H. pylori, principal causadora de gastrite e úlceras estomacais. Além disso, o gengibre também previne o aparecimento do câncer de estômago, que na maior parte dos casos está ligado a alterações nas células provocadas pela úlcera. Veja quais são os sintomas da gastrite provocada pela H. pylori.

    6. Prevenir o câncer cólon-retal

    O gengibre também atua na prevenção de câncer cólon-retal, pois possui uma substância chamada 6-gingerol, que impede o desenvolvimento e a proliferação de células cancerígenas nessa região do intestino.

    Os benefícios da Canela

    A canela pode ser usada como planta medicinal porque possui propriedades que melhoram a saúde do indivíduo.
    Os principais benefícios da canela incluem:
    1. Ajudar a controlar a diabetes porque melhora a utilização do açúcar;
    2. Melhorar transtornos digestivos como gases, problemas espasmódicos e para tratar a diarreia devido ao seu efeito antibacteriano, antiespasmódico e anti-inflamatório;
    3. Combater as infeções das vias respiratórias pois tem um efeito secante nas mucosas e é um expectorante natural;
    4. Diminuir a fadiga e melhorar o estado de ânimo porque aumenta a resistência ao stress;
    5. Ajudar a combater o colesterol pela presença de antioxidantes;
    6. Ajuda na digestão, principalmente quando misturada ao mel porque o mel tem enzimas que facilitam a digestão e a canela efeito antibacteriano, antiespasmódico e anti-inflamatório;
    7. Combater infeções das vias respiratórias ela tem um efeito secante nas mucosas e é um expectorante natural;
    8. Diminui o apetite pois é rica em fibras;
    9. Reduz o acúmulo de gordura porque melhora a sensibilidade dos tecidos à ação da insulina;
    10. Ajuda a diminuir as calorias ingeridas pois a canela pode substituir o açúcar no leite, café, chá e vitaminas, por exemplo.
    A canela pode ser utilizada de diversas maneiras, uma delas é polvilhar a canela em pó sobre sobremesas, cremes, mousses e mingau tendo assim todos os benefícios da canela em pó. Uma outra forma de consumir a canela é em forma de chá.

    Para ter todos os benefícios da canela para saúde basta o consumo de 1 colher de café de canela em pó por dia.

    Informação Nutricional da Canela

    ComponentesQuantidade por 100 g de canela
    Energia252 calorias
    Água10 g
    Proteínas3,9 g
    Gorduras3,2 g
    Carboidratos55,5 g
    Fibras24,4 g
    Vitamina A26 mcg
    Vitamina C28 mg
    Cálcio1228 mg
    Ferro38 mg

    Benefícios da Aveia



    Os Benefícios da Aveia

    Aveia é considerado uma super refeição que oferecem muitos benefícios para a saúde, se você comê-lo em uma base regular. Ela é simples de preparar e é uma das melhores opções disponíveis para começar o seu dia bem. 

    Benefícios da Aveia Para Perda de Peso: devido à presença das fibras que garante mais saciedade, ajuda no funcionamento do intestino eliminando excessos e controla a compulsão por comida. Também apresenta minerais essenciais para o corpo como o cálcio e ferro que ajudam no fortalecimento dos ossos, além de vitaminas do complexo B, E e proteínas. Aveia é um ótimo café da manhã, ou pode até substituir o jantar, se você está tentando perder peso. Comer aveia vai encher o seu estômago sem consumir uma grande quantidade de calorias. Além disso, a aveia irá fazê-lo a se sentir mais satisfeito, o que impedirá lanches entre as refeições( sensação de saciedade).

    Benefícios da Aveia Para O Colesterol: Muitos médicos aconselham seus pacientes a comer mingau de aveia todos os dias, se eles estão lutando contra um colesterol alto. A Aveia é rica em fibras solúveis, o que reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) sem afetar negativamente o bom colesterol (HDL).

    Benefícios da Aveia na Proteção do Coração: Os antioxidantes na Aveia protege contra doenças cardíacas. Os “lignanas” da farinha de aveia, também ajuda a prevenir doenças cardíacas.

    Benefícios da Aveia Para Diabéticos: Se uma pessoa tem diabetes, a farinha de aveia podem ser eficaz na manutenção de baixos níveis de glicose no sangue. A fibra solúvel na aveia retarda a digestão do amido, que por sua vez ajuda a prevenir um rápido aumento do açúcar no sangue.

    Aveia Ajuda na Prevenção do Câncer: aveia contém fitoquímicos, que mostraram ser uma forma eficaz e de prevenção do câncer. Suspeita-se também que a fibra insolúvel na aveia ajuda reduz a toxicidade em certos tipos de ácidos biliares, o que por sua vez reduz o risco de vários tipos de canceres.
    Aveia Reduz os Riscos de Asma: Um estudo recente concluiu que a ingestão de grãos integrais podem ajudar a reduzir o risco de asma na infância. Aveia é um grão inteiro que são benéfico para as crianças que tem risco de asma.

    Benefícios da Aveia Na Digestão: A fibra é essencial para manter os movimentos intestinais regulares, e a aveia contêm fibras solúveis e insolúveis. Os dois tipos de fibras vão ajuda a manter a digestão saudável e ajudam a assegurar que os resíduos são movidos através dos intestinos, de modo que ele pode ser expelido.

    - Auxilia no bom funcionamento do Intestino;
    - Ajuda na Perda de peso por nos manter saciados por mais tempo;
    - Diminui a absorção de gordura e açúcar;
    - Ajuda a reforçar o sistema imunológico e combater infecções;
    - Combate a depressão por possuir magnésio e Vitaminas do Complexo B.


    Molho Perde Peso

    Molho Perde Peso

    Uma Receita de Molho Funcional para a sua dieta de emagrecimento!!!


    Ingredientes:

    Suco de 3 limões;
    2 colheres (sopa) de farinha de linhaça;
    2 colheres (sopa) de azeite;
    2 colheres (sopa) de Quinoa;
    3 colheres (sopa) de Molho Shoyu;
    1 dente de alho socado;
    Água a gosto;
    1 unidade de tomate (sem sementes e sem pele)


    Modo de Preparo:

    Em um liquidificador coloque todos os ingredientes;
    Processe até obter a consistência desejada;
    Disponha sobre as saladas light e sirva.


    Observação: o alho no molho é opcional.
    E como a receita é light, o shoyu faz a função do sal. Portanto, não é necessária adição de sal.


    Benefícios da Banana

    Os benefícios da banana envolvem o emagrecimento porque a banana tem fibras que diminuem o apetite e o aumento do bem estar pois a banana faz aumentar a produção do hormônio serotonina que melhora o humor.
    A banana pode ser encontrada em praticamente todas as estações do ano e é um ingrediente que compõe uma grande variedade de pratos doces e salgados, dependendo do tipo de banana. Existem principalmente 4 variedades de banana:
    • Banana-da-terra - boa para cozinhar, assar ou fritar.
    • Banana prata - ideal para assar e fritar.
    • Banana maçã - excelente para comer ao natural e fazer purês.
    • Banana nanica - indicada para fazer bolos.
    As banana também podem ser utilizadas em vitaminas e sucos.

    Benefícios da banana para a saúde

    Os benefícios da banana para a saúde devem-se à sua riqueza em potássio, magnésio, fibras, triptofano e vitaminas, incluindo:
    1. Regular o intestino, especialmente em casos de diarreia;
    2. Diminuir o apetite porque sacia mais rapidamente, ajudando a emagrecer;
    3. Evitar cãibras musculares, principalmente durante o verão, na gravidez ou em períodos de vômitos e diarreia;
    4. Reduz a pressão arterial, pois aumenta a eliminação de sódio na urina;
    5. Ajudar a combater a depressão, pois a banana contém triptofano fundamental para a formação da serotonina, que é o hormônio que melhora o humor e ajuda a relaxar.
    Os benefícios da banana para quem malha são diminuir as cãibras musculares porque a banana é rica em potássio e este mineral ajuda a diminuir as cãibras musculares.

    Informação Nutricional da Banana

    ComponentesQuantidade por 100 g de banana
    Energia95 calorias
    Água72,1 g
    Proteína1,6 g
    Gordura0,4 g
    Carboidratos21,8 g
    Fibras3,1 g
    Triptofano0,30 mg
    Vitamina B10,06 mg
    Vitamina B20,07 mg
    Vitamina B31 mg
    Vitamina B60,29 mg
    Potássio425 mg
    Magnésio28 mg
    Apesar da banana ter fibras que diminuem o apetite a banana tem calorias e por isso não deve ser comida mais que uma banana por dia.

    casca da banana tem o dobro de potássio e é menos calórica que a própria fruta, também podendo ser utilizada em receitas como bolo e brigadeiro.

    Benefícios da Quinoa, Linhaça e Chia

    Quinoa: a proteína em grão

    Ela traz benefícios para os músculos e para a saúde cardiovascular


    Por ser rica em proteínas, a quinoa ajuda no fortalecimento muscular, principalmente para quem pratica atividades físicas. Suas quantidades significativas de ômega 3 e 6 são importantes aliados na prevenção de doenças cardiovasculares e redução do colesterol. Ela também ajuda no fortalecimento dos ossos e prevenção de doenças como osteoporose hipertensão, devido a suas quantidades de cálcio.

    As vitaminas do complexo B presentes na quinoa são parte essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso, manutenção muscular e síntese de hormônios. Além disso, as fibras presentes no grão dão a sensação de saciedade, podendo favorecer o emagrecimento. Ela também é rica em zinco, um nutriente que atua no fortalecimento do sistema imunológico e nos processos de cicatrização. Por fim, também é um grão recomendado para pessoas que possuem doença celíaca, já que não contém glúten.

    Linhaça: a semente aliada do coração, diabetes e da dieta

    O grão, mesmo que pequeno, tem grandes quantidades de ômega 3 e fibras

    Benefícios da linhaça

    Ajuda a emagrecer Por ser rica em fibras, o consumo da linhaça com outros alimentos cria uma barreira no bolo alimentar, que torna a liberação da glicose na corrente sanguínea muito mais lenta. Dessa forma, não há picos glicêmicos e é preciso utilizar menos insulina, hormônio responsável pelo armazenamento de gordura. Quando temos muita insulina circulando pelo corpo, rapidamente sentimos a necessidade de consumir mais alimentos que trarão glicose ao nosso organismo rapidamente, no caso alimentos como pães, bolos, biscoitos e doces, que engordam. Como se não bastasse, a simples presença da insulina em altas quantidades no nosso corpo nos faz depositar a gordura no tecido adiposo, ou seja, aumenta a "massa gorda".

    Faz bem coração Existem algumas controvérsias sobre isso. É um fato que o ômega 3 é uma gordura poli-insaturada que atua reduzindo os níveis do colesterol LDL (ruim) e aumentando os de HDL (colesterol bom). Porém, as frações responsáveis por isso são o ácido eicosapentaenoico (EPA) e o ácido docosahexaenóico (DHA), duas frações desse ácido graxo mais encontradas nos peixes, como o salmão. As fontes vegetais de ômega 3 são ricas em ácido alfalinoleico (ALA), que segundo algumas pesquisas, não tem esse efeito. Porém, existem evidências que o nosso corpo pode converter ALA em DHA e EPA, portanto ele pode trazer sim esse benefício.

    Chia: a semente que emagrece e reduz gordura

    Ela manda a fome embora e é capaz de controlar a glicemia e baixar o colesterol

    Ajuda a emagrecer: um dos motivos que fazem da chia uma grande aliada na perda de peso está na sensação de saciedade que a semente proporciona. Suas fibras têm a capacidade de absorver muita água, transformando-se em uma espécie de gel. É só fazer o teste, deixando uma porção de molho num copo para perceber a semente inchando em pouco tempo. Quando é ingerida, a reação é semelhante. Em contato com os sucos gástricos, suas fibras se transformam nesse gel, que aumentam a dilatação do estômago. É esse mecanismo um dos fatores que favorecem a saciedade e, consequentemente, acarreta um menor consumo de alimentos.

    Além disso, o consumo regular de chia pode ser benéfico para evitar a formação de gordura localizada, outra grande inimiga de quem luta contra os ponteiros da balança. Um estudo publicado no European Journal of Clinical Nutrition validou uma pesquisa em que onze indivíduos saudáveis consumiram a semente por 12 semanas e obtiveram redução na glicemia após a refeição, ou seja, não houve picos de insulina no sangue, sendo assim, a glicose foi liberada lentamente no organismo. Tal processo evita que a gordura seja acumulada e, por consequência, afasta o excesso de peso. Os participantes do estudo também relataram diminuição do apetite até 120 minutos após o consumo da refeição, diferentemente dos indivíduos que não consumiram a chia, mostrando assim seu efeito no aumento da saciedade.
    Previne e controla o diabetes: por conter fibras e aumentar o tempo de liberação da glicose, a chia pode ser relacionada com a prevenção do diabetes tipo 2. Funciona da seguinte forma: a digestão dos carboidratos começa na boca e termina no intestino, onde partes maiores de carboidrato são transformadas em tipos diferentes de açúcar (glicose, frutose, galactose) para serem absorvidos. Quando consumida com fontes de carboidratos (frutas, massas, pães), as fibras da chia têm como efeito a diminuição da velocidade com que o carboidrato sai do estômago e chega ao intestino, para terminar de ser digerido e absorvido, justamente por se transforarem em um gel. Dessa forma, a glicose é liberada lentamente na corrente sanguínea, fazendo com que o hormônio insulina, necessário para transportá-la até as células, também seja liberado em pequenas doses. A vantagem de tudo isso é que com menos doses desse hormônio circulando no organismo, evita-se assim uma condição chamada resistência à insulina. O quadro ocorre quando é preciso uma quantidade maior do composto para que a mesma quantidade de glicose seja armazenada, e em longo prazo favorece o aparecimento do diabetes tipo 2.
    Previne doenças cardiovasculares: o consumo regular de chia é capaz de evitar doenças como infarto, derrame e hipertensão graças as suas grandes quantidades de ômega 3. Esse ácido graxo reduz a formação de coágulos sanguíneos e arritmias, além de diminuir o colesterol circulante no sangue. Além disso, o ômega-3 ajuda na regulação da pressão dos vasos sanguíneos, uma vez que aumenta a fluidez sanguínea, evitando assim, o aumento da pressão arterial.
    Regula o colesterol: de toda gordura que compõe a chia, aproximadamente 77% são formados por ácidos graxos ômega 3 e ômega 6. Essas gorduras têm como uma de suas principais propriedades reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o colesterol bom (HDL), além de baixar os triglicérides na corrente sanguínea. Além disso, as fibras da semente também têm efeito benéfico na diminuição da concentração dos lipídios no sangue, que é o caso do colesterol.
    Efeito desintoxicante: os antioxidantes, como o ácido cafeico, de sua composição, são responsáveis por auxiliar na desintoxicação do fígado, além de impedir a formação de radicais livres que agem destruindo as membranas celulares e desencadeando o processo de envelhecimento.
    Fonte de cálcio: por ter bastante cálcio, a chia é uma alternativa para indivíduos que têm intolerância à lactose, necessitando de fontes alternativas desse mineral. Porém, alimentos como tofu e gergelim contêm maiores quantidades de cálcio, e vale consumi-los também.
    Protege o cérebro: ela também pode favorecer as ligações cognitivas no cérebro. Muitos estudos relacionam os ácidos linoleico e alfa-linolênico presentes na semente com a formação das membranas celulares, as funções cerebrais e a transmissão de impulsos nervosos.
    Pele e cabelos mais bonitos: em sua composição nutricional, a chia também apresenta vitamina A, nutriente que age como antioxidante contra os radicais livres e também auxilia na redução da acne e prevenção do ressecamento da pele. A semente também leva vitamina B2, importante na saúde da pele, unhas e cabelos.
    Efeito anticelulite: já se sabe que a chia contém quantidades significativas de ômega 3 e muitos estudos têm relacionado o consumo desse ácido graxo com a diminuição da inflamação, o que seria interessante para diminuir e evitar celulite, um processo inflamatório do organismo.
    Fortalece a imunidade: por conter minerais como o selênio e zinco, que auxiliam o sistema imunológico, a chia é importante para reforçar as defesas, afastando de perto doenças como gripes, resfriados e processos infecciosos. Além disso, por ter nutrientes como fósforo, manganês, cálcio, potássio e sódio, a semente é indispensável para a manutenção da integridade e saúde das células.
    Boa fonte de ferro: o mineral, presente em grande quantidade na chia, é muito bem absorvido nesse alimento. Ele é o principal nutriente na formação dos glóbulos vermelhos, que transportam o oxigênio pelo nosso corpo. A redução desses glóbulos e da oxigenação levam à anemia, fadiga e cansaço, aumenta os riscos de infecções e também se relaciona a uma queda na imunidade.

    quarta-feira, 2 de novembro de 2016

    Suco Anti-Inflamatório



    Ingredientes:

    1 Fatia de abacaxi com miolo;
    Folhas de Brócolis;
    2 Folhas de Hortelã;
    1 colher(café) de gergelim;
    Aipo ou Salsão a gosto;
    240ml de água.

    Preparo:

    Bata todos os ingredientes no liquidificador.
    Beba gelado.

    Observação:
    Estas receitas apenas auxiliam. Nada substitui a orientação médica.





    Suco que auxilia contra dores nas articulações


    Ingredientes:

    • Abacaxi maduro: 2 xícaras
    • 1 Pepino grande cortado e sem casca
    • Açafrão-da-terra em pó: meia colher de chá
    • Gengibre: um pedaço de 5 cm
    • 1 limão em suco
    Preparo:

    Bata no liquidificador todos os ingredientes adicionando um pouco de água para auxiliar a liquidificação.
    Para melhores resultados, beba o suco imediatamente e não o preserve para depois.

    Observações e Benefícios:

    açafrão-da-terra, também conhecido por cúrcuma, é uma especiaria muito usada como um poderoso antioxidante e anti-inflamatório natural. Várias pesquisas sugerem ainda ser um elemento importante para combater e prevenir o câncer, graças ao seu componente ativo, a curcumina, que atrasa o crescimento de células anormais no nosso organismo.

    abacaxi e o gengibre também têm propriedades anti-inflamatórias e ajudam no alívio da dor em doenças como artrites. O abacaxi tem um componente ativo, a bromelina, presente no tratamento de doenças autoimunes e desequilíbrios da tireoide.

    bromelina possui propriedades anti-inflamatórias fortes. Ela ajuda o corpo a eliminar toxinas e a lutar contra inflamações que afetam os tecidos e órgãos.
    gengibre é outra especiaria cheia de virtudes medicinais. Ele também é um excelente anti-inflamatório natural. Além disso, remove substâncias que provocam a dor e o inchaço dos tecidos.
    Além desses três ingredientes, este suco contém limão e pepino, dois poderosos alcalinizantes.
    pepino tem ação anti-inflamatória. Pesquisas realizadas em animais indicam que o extrato de pepino tem uma ação anti-inflamatória: ele conseguiu evitar a produção excessiva de óxido nítrico e inibir a cicloxigenase 2 (ou COX-2). Grandes quantidades de óxido nítrico prejudicam ainda mais quadros inflamatórios.
    Este poderoso suco irá, portanto, ajudar o seu corpo a eliminar toxinas e servirá como um suco medicinal contra inchaço de várias zonas de seu corpo.